Oftalmologista português distinguido nos Estados Unidos

Dois trabalhos, na área da cirurgia refrativa e de catarata, do oftalmologista e investigador Eduardo Marques foram distinguidos pela Sociedade Americana de Cirurgia Refrativa e de Cataratas (ASCRS). As distinções ocorreram durante o congresso da ASCRS, em San Diego, na Califórnia, que elege anualmente os melhores trabalhos.
créditos: AFP

A ASCRS distinguiu os trabalhos de Eduardo Marques na área do tratamento cirúrgico da presbiopia (dificuldade de visão para perto) e das cataratas com lentes intraoculares.

No primeiro caso tratou-se da apresentação dos resultados de um estudo clínico com lentes intraoculares multifocais tóricas (corrigem visão para longe, perto e astigmatismo) no tratamento da catarata. O segundo trabalho premiado teve como base a apresentação de resultados de um outro estudo clínico com um novo tipo de lente intraocular, denominado foco alongado, que promete revolucionar o tratamento da presbiopia com lentes intraoculares.

"É com grande satisfação que, pela quarta vez, vejo o nosso trabalho na cirurgia da presbiopia e das cataratas com lentes intraoculares ser distinguido nos Estados Unidos. É o reconhecimento de muitos anos do trabalho de uma equipa, com o objetivo de proporcionar aos doentes com presbiopia e/ou cataratas melhor qualidade de visão e maior independência de óculos, ou seja, uma melhor qualidade de vida", revela o médico Eduardo Marques, coordenador do Centro de Educação e Investigação do Hospital Lusíadas Lisboa.

E acrescenta: "estas distinções são prestigiantes e importantes para o currículo mas sobretudo porque, ao reconhecer internacionalmente o trabalho de um cirurgião e de uma equipa, nos estimulam a continuar e avançar com o progresso científico. Em anos anteriores, já tinha sido distinguido duas vezes com o mesmo tipo de prémio por outros trabalhos. Este ano tive o privilégio de ser escolhido por dois trabalhos diferentes o que, no mesmo ano, é bastante raro ou mesmo inédito".

No congresso participaram os maiores nomes da cirurgia refrativa e de cataratas a nível mundial e, nas sessões em que os prémios foram atribuídos concorreram nomes como o de Robert Cionni, presidente da ASCRS, ou Gerd Auffhard de Heidelberg, investigador europeu que mais publicações tem na área da cirurgia refrativa e de catarata. As distinções atribuídas a Eduardo Marques e as respetivas apresentações foram publicadas na revista EyeWorld e na página oficial da ASCRS.

O Congresso da Sociedade Americana de Cirurgia Refrativa e de Cataratas reúne anualmente cerca de 7500 cirurgiões refrativos e de cataratas do mundo inteiro. Conjuntamente com o Congresso anual da sua congénere europeia, com quem partilha a mais importante publicação científica desta área cirúrgica, constitui o mais importante evento mundial na área da cirurgia refrativa e de cataratas.

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários