Número de mortes nas estradas baixa na UE e em Portugal

Número de vítimas mortais em acidentes de viação diminuiu 9% em Portugal

31 de março de 2014 - 12h12

O número de mortos nas estradas na União Europeia registou em 2013 e pelo segundo ano consecutivo uma redução significativa, com Portugal a apresentar estatísticas acima da média, segundo dados preliminares hoje divulgados em Bruxelas.

De acordo com os dados preliminares, o número de vítimas mortais em acidentes de viação diminuiu 8% na UE em relação a 2012, na sequência da diminuição de 9% entre 2011 e 2012 e de 17% de 2010 para 2011.

Em Portugal, as mortes por sinistralidade rodoviária diminuíram 9% de 2012 para 2013, depois de uma quebra de 19% entre 2011 e 2012 e de 23% de 2010 para 2011.

Contudo, a taxa portuguesa de mortalidade rodoviária era, em 2013, de 62 mortes por milhão de habitantes, com a média europeia situada nas 52 mortes.

Os países com a menor taxa de mortalidade rodoviária continuam a ser a Suécia (28), o Reino Unido (29) e a Dinamarca (32).

A Roménia (92), a Polónia e o Luxemburgo (87 cada) e a Letónia (86) são os países com mais mortes na estrada por milhão de habitantes.

A Comissão Europeia assinala que, desde 2010, foram salvas cerca de 9.00 vidas, com uma redução de 17% da mortalidade nas estradas.

SAPO Saúde

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários