Novo tratamento para diabetes do tipo 1 descoberto em Espanha

Diabetes do tipo 1 é uma doença metabólica causada pela destruição das células beta do pâncreas
16 de maio de 2013 - 14h18



Cientistas do Instituto de Investigação em Ciências da Saúde Germans Trias i Pujol, em Espanha, descobriram um novo tratamento para a diabetes do tipo 1, testado com resultados positivos em ratos de laboratório.



O estudo, realizado pelo grupo de Imunologia da Diabetes, foi publicado na quarta-feira na revista científica Plos One, segundo fontes do instituto.



Atuando como uma vacina, o tratamento baseia-se na extração de células dendríticas do sistema imunitário do paciente e na sua modificação ‘in vitro’, para que ao serem reintroduzidas travem a destruição das células produtoras de insulina.



Os investigadores indicaram, segundo a agência noticiosa espanhola EFE, que a estratégia pode ser a base para a prevenção da diabetes e de outras doenças de causa autoimune.



A diabetes do tipo 1 é uma doença metabólica causada pela destruição das células beta do pâncreas, as que produzem insulina, uma hormona responsável pela transformação da glicose ingerida.



A descoberta contou com a colaboração do Instituto de Investigação do hospital Vall d’Hebron, em Barcelona, e do Instituto de Investigação Biomédica da Universidade de Lleida.



Lusa
artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários