Novo centro de saúde de Algés vai servir 20 mil utentes

A Câmara Municipal de Oeiras (distrito de Lisboa) inaugura na terça-feira o novo centro de saúde de Algés, um equipamento orçado em 3,6 milhões de euros e que vai servir 20 mil utentes.

A cerimónia de inauguração deste equipamento coincide com o feriado do 25 de Abril e contará com a presença do ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes.

Em declarações à agência Lusa, o presidente da Câmara Municipal de Oeiras, Paulo Vistas (PSD), afirmou que se trata de uma obra que “era essencial” para a localidade de Algés, uma vez que “o antigo não tinha as condições necessárias”.

“O centro de saúde de Algés tem funcionado em instalações que não têm as mínimas condições quer para os utentes quer para os profissionais de saúde. Por esse motivo decidiu-se avançar para a construção de um novo equipamento que assegurasse essas condições”, justificou o autarca.

Paulo Vistas referiu que o novo equipamento vai dispor de uma Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados (UCSP) e uma Unidade de Saúde Familiar (USF), pelas quais deverão ser distribuídos 12 médicos, 12 enfermeiros, nove assistentes técnicos e dois assistentes operacionais.

O edifício vai dispor, igualmente, de um parque de estacionamento subterrâneo com capacidade para 60 lugares. “Dada a carência de estacionamento na zona não quisemos sobrecarregar o estacionamento existente. Além disso estes 60 lugares ainda poderão ser utilizados para outros fins fora do período de funcionamento do centro de saúde”, apontou.

Paulo Vistas sublinhou ainda que o facto de o centro de saúde se localizar no núcleo mais antigo de Algés “vai facilitar o seu acesso por parte da população mais idosa”.

O novo centro de saúde de Algés representou um investimento municipal de 3,6 milhões de euros, tendo a autarquia sido responsável pela cedência do terreno e pelos encargos com os projeto e execução da obra.

Quantas vezes devo ir ao médico?

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários