Níveis de pólens vão voltar a aumentar nos próximos dias

Alerta refere-se a pólenes de árvores azinheira, carvalho, plátano, pinheiro e cipreste
11 de abril de 2013 - 09h46



Os níveis de pólen vão aumentar nos próximos dias, esperando-se concentrações muito elevadas para Portugal continental, informou hoje a Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica (SPAIC) no seu Boletim Polínico.



“Para a semana de 12 a 18 de abril espera-se um aumento das concentrações de pólen no ar, prevendo-se níveis muito elevados de pólen atmosférico para o continente e níveis muito baixos a moderados para os arquipélagos dos Açores e da Madeira”, refere a sociedade.



O alerta vai particularmente para os pólenes de árvores azinheira, carvalho, plátano, pinheiro e cipreste e para os pólenes de eras parietária, tanchagem e gramíneas.



Nos Açores, particularmente na região de Ponta Delgada, os pólenes encontram-se em níveis baixos a moderados, com predomínio dos pólenes de pinheiro, cipreste, palmeira, erva parietária e plátano, sendo esperadas baixas concentrações.



De acordo com a SPAIC, na Madeira, região do Funchal, os pólenes encontram-se em níveis baixos a moderados, com destaque para os de erva parietária, cipreste, gramíneas, eucalipto e pinheiro, sendo esperadas concentrações baixas para estes pólenes.



O Boletim Polínico faz a divulgação semanal sobre os níveis de pólenes existentes no ar atmosféricos, obtidos através da leitura de vários postos que fazem a recolha contínua dos pólenes, em várias regiões do país.



Lusa
artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários