Mundo não está preparado para eventual surto de gripe, alerta OMS

A gripe aviária H7N9 infetou 130 pessoas na China e matou 35 desde março
22 de maio de 2013 - 09h09



A Organização Mundial de Saúde (OMS) alertou hoje que o mundo continua sem estar preparado para lidar com um surto de gripe de larga escala, havendo receios de que o vírus H7N9 na China se possa espalhar.



O diretor-geral assistente da OMS Keiji Fukuda disse hoje numa reunião que, apesar dos esforços empreendidos desde a gripe aviária H1N1 há três anos, mais planeamento de contingência é necessário.



“Ainda que tenha sido feito trabalho desde então, o mundo não está preparado para um grande e severo surto”, afirmou Fukuda.



Os sistemas de reação rápida são cruciais, uma vez que os esforços das autoridades de saúde estão limitados por uma falta de conhecimentos acerca das doenças em causa, adiantou o responsável da OMS.



“Quando as pessoas são atingidas por uma doença emergente, não se pode somente ir a um livro e saber o que fazer”, realçou Keiji Fukuda.



Por seu lado, a diretora-geral da OMS, Margaret Chan, disse que “qualquer novo vírus da gripe que infete humanos tem o potencial para se tornar numa ameaça de saúde global”.



De acordo com os números mais recentes, a gripe aviária H7N9 infetou 130 pessoas na China e matou 35 desde que foi detetada em humanos, em março.



Lusa
artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários