Misericórdia de Sines abre lar com capacidade para 82 idosos

Um lar de idosos com capacidade para 82 utentes vai ser inaugurado, na sexta-feira, em Sines, no distrito de Setúbal, num investimento de 3,5 milhões de euros da Santa Casa da Misericórdia local.
créditos: FOTO DE ARQUIVO/LUSA

O novo equipamento destina-se a "substituir" outras unidades residenciais para a terceira idade da instituição, que se encontram "em fim de vida" e "há muito não cumprem os requisitos legais existentes", informou a Santa Casa da Misericórdia de Sines (SCMS), em comunicado.

O lar "Prats Sénior" terá, segundo a entidade, além dos quartos individuais ou duplos, uma ala específica para doentes de Alzheimer, uma zona de apartamentos, serviços de fisioterapia, enfermagem e psicologia, ginásio e cabeleiro, entre outros.

A inauguração, marcada para as 10:00 e na qual é esperada a presença do ministro da Solidariedade, Emprego e Segurança Social, Pedro Mota Soares, insere-se nas comemorações do 499.º aniversário da Misericórdia de Sines, que se assinala no domingo.

Uma parte das 82 camas do "Prats Sénior" destina-se a idosos que já residem em outras unidades da instituição e vão ser feitas novas admissões, de forma a rentabilizar o equipamento, explicou à agência Lusa o provedor da SCMS, Luís Venturinha.

A instituição acolhe, atualmente, 205 utentes em três lares de idosos, um dos quais será desativado, bem como parte de outro, após a inauguração do novo edifício, que teve um custo aproximado de 3,5 milhões de euros, comparticipado em 85% por fundos comunitários.

Luís Venturinha espera vir a substituir também os restantes edifícios mais antigos, o que fica dependente de aprovação de candidatura a fundos comunitários.

A par dos lares de idosos, a SCMS tem as valências de centro de dia, apoio domiciliário e infantário, gerindo ainda um lar para rapazes em risco, centros para apoio a mães solteiras e a mulheres vítimas de violência doméstica, uma cantina e uma loja sociais e um banco de voluntariado.

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários