Luta contra o estigma da disfunção erétil

Campanha estreia nas USF de Peniche e Caldas da Rainha

Intitulada “Não Arranje Desculpas para falar sobre Disfunção Erétil”, a campanha da Associação Portuguesa de Urologia, da Sociedade Portuguesa de Andrologia e da Lilly Portugal , vai estar presente pela primeira vez em Unidades de Saúde Familiar e Centros de Saúde. As regiões de Peniche e Caldas Rainha foram as escolhidas para o arranque desta ação nacional.

Equipas de psicólogos e enfermeiros vão estar acessíveis a todos os homens ou casais que procurem ajuda nos próximos dias 7, 8, 14 e 15 de Julho nas Unidades de Saúde Familiar e Centros de Saúde de Peniche. Esta é a primeira vez em Portugal em que as Sessões de Aconselhamento sobre Disfunção Eréctil vão chegar aos cuidados de saúde primários.

A campanha tem como objetivo devolver a esperança aos portugueses, informando-os de que a disfunção erétil tem tratamento. Basta quetenham a iniciativa de procurarajuda. Sob análise estarão ambas as vertentes do problema: a física (através da recolha de valores como a glicemia e a pressão arterial) e a psicológica (baseada numa sessão de aconselhamento entre o psicólogo e o doente).

Em Portugal há 500 mil homens com disfunção erétil. Desse meio milhão, apenas 10 a 20por centoestão diagnosticados,estimando-se que só 10por centoestará em tratamento. Os números tornam-se ainda mais graves quando sabemos que 68por centodos homens com hipertensão têm disfunção erétil e que 40por centodos homens com esta disfunção sofre de doença coronária significativa.

Parte de uma campanha global da Lilly Portugal, da Associação Portuguesa de Urologia e da Sociedade Portuguesa de Andrologia, em simultâneo com as sessões nos Cuidados de Saúde Primários vão decorrer ações semelhantes nas farmácias do Algarve. Tal como já aconteceu nas regiões do Grande Porto e Lisboa, duas equipas de profissionais de saúde vão também realizar as Sessões de Aconselhamento sobre Disfunção Erétil.

Todos os dias, esta vai estar presente em duas farmácias diferentes com o objectivo de informar e aconselhar os doentes sobre os problemas relacionados com a Disfunção Erétil. O reforço da campanha no Algarve permitirá chegar aos milhares de portugueses que todos os anos rumam de férias ao sul do país.

«Temos grandes expetativas em relação a estas ações», refere Rocha Mendes, presidente da Sociedade Portuguesa de Andrologia. «Queremos ajudar os portugueses a quebrar o silêncio e estes são importantes veículos para o conseguirmos».

Com as mais diversas origens e diferentes causas associadas, a disfunção erétil está ligada a outras patologias graves como a hipertensão arterial, as doenças coronárias ou a diabetes. O excesso de peso e o consumo do tabaco são outros dos fatores com implicação direta neste problema que afeta, atualmente, meio milhão de portugueses.

«Sabemos que em Portugal há, pelo menos, 450 mil homens que ainda sofrem em silêncio. Temos de diminuir este número drasticamente», explica Tomé Lopes, presidente da Associação Portuguesa de Urologia. «A disfunção erétil tem solução, basta que procurem o médico. Muitas pessoas não sabem como fazer para iniciar o tratamento. É aqui que entram estas iniciativas de sensibilização, fundamentais para alertar os casais», termina.

Calendário “Sessões de Aconselhamento sobre Disfunção Erétil”

07.07 – 9h às 13h na Extensão de Saúde Atouguia da Baleia (C.S. Peniche) e das 14h às 18h no Centro de Saúde de Peniche
08.07 – 9h às 13h na Extensão de Saúde Atouguia da Baleia (C.S. Peniche) e das 14h às 18h no Centro de Saúde de Peniche
14.07 – 9h às 18h nas USF Rainha D. Leonor e USF Bordalo Pinheiro, nas Caldas da Rainha
15.07 – 9h às 18h nas USF Rainha D. Leonor e USF Bordalo Pinheiro, nas Caldas da Rainha

6 de julho de 2011

Fonte: Multicom


Comentários