Lar de idosos de dois milhões de euros vai ser inaugurado na Pampilhosa da Serra

Um novo lar de idosos com 58 camas, que representou um investimento de cerca de dois milhões de euros, é inaugurado na quarta-feira na Pampilhosa da Serra, no interior do distrito de Coimbra.
créditos: LUSA/NUNO VEIGA

O novo equipamento, concluído e em funcionamento desde o início de julho, está instalado num edifício de três pisos, localizado no lugar de Carregal, freguesia de Dornelas do Zêzere, e representa "uma necessidade" identificada há mais de uma década pela Associação de Solidariedade Social local.

"Havia esta necessidade. Nunca conseguimos satisfazer a procura, tínhamos sempre uma lista de espera de 60 a 70 pessoas", disse à agência Lusa Manuel Isidoro, presidente da instituição.

Na sede da freguesia, a associação possui outro lar, com capacidade para 41 idosos, para além de valências de centro de dia e apoio domiciliário e outras ligadas à infância e juventude. O novo lar dista cerca de dois quilómetros da sede e tem já metade da capacidade ocupada.

"Será uma resposta [social] que com o tempo vai ficar esgotada", previu Manuel Isidoro, lembrando que Dornelas do Zêzere é "a última" freguesia do distrito de Coimbra, "encaixada" entre os concelhos do Fundão e Covilhã, na fronteira com o distrito de Castelo Branco.

A obra, que será inaugurada na quarta-feira pelo ministro da Solidariedade, Trabalho e Segurança Social, Pedro Mota Soares, foi financiada em 70 por cento por fundos do Programa Operacional Potencial Humano (POPH) e o restante por fundos próprios da associação, que contraiu um empréstimo bancário superior a 400 mil euros para fazer face ao investimento necessário.

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários