Jovens góticos sofrem maior risco de depressão

O estilo gótico aumenta os problemas de depressão e de autoflagelação, de acordo com um estudo britânico.
créditos: AFP PHOTO / DPA / JAN WOITAS

Os cientistas sugerem que os jovens que adotaram um estilo gótico têm uma maior inclinação para se afastarem da sociedade.

A investigação, publicada na revista especializada Lancet Psychiatry, acompanhou 3.694 jovens de 15 anos, entre 2007 e 2010.

O movimento gótico – caracterizado pelo uso de roupas pretas, maquilhagem escura e música melancólica – atrai adolescentes e adultos há décadas, escreve a BBC.

Os investigadores descobriram que a probabilidade de episódios de autoflagelação e depressão aumenta quanto maior for a identificação com o estilo.

No estudo, os jovens que se descreveram como góticos tinham mais probabilidade de ter apresentado sinais de depressão antes dos 15 anos e de ter sofrido bullying na escola.

De acordo com a coordenadora do estudo Rebecca Pearson, da Universidade de Bristol, os motivos para esta tendência podem ser vários, entre eles, a possibilidade de adolescentes mais suscetíveis à depressão se sentirem mais atraídos por este estilo.

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários