Infarmed vai aprovar medicamento contra hepatite C em junho

Doentes hepáticos graves aguardam há meses por medicamento que os pode curar
15 de maio de 2014 - 10h01
O Infarmed vai aprovar o uso de um novo medicamento para a hepatite C dentro de um mês. A confirmação foi dada ao Diário de Notícias pelo presidente do organismo, Eurico Castro Alves, que diz que "a avaliação será concluída no prazo de um mês".
A próxima etapa passa pela negociação de preços com duas empresas e "pela definição do número de doentes a tratar pelos hospitais portugueses".
Em estudo está um sistema semelhante ao da Hungria, que atribui um conjunto de pontos com base na situação clínica do doente, de forma a decidir quais aos que prioritariamente devem ser tratados.
Há cerca de 80 a 85 doentes à espera deste novo medicamento, que tem uma taxa de cura de 90%, mesmo numa fase avançada da doença. 

O novo fármaco tem um custo de 48 mil euros para três meses, o que dificulta o seu uso de forma alargada. 

A Associação de SOS Hepatites diz que a despesa associada a estes pedidos ronda os 4,5 milhões.
Por SAPO Saúde

artigo do parceiro: Nuno de Noronha

Comentários