INEM assinala Dia Europeu do 112

O Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) assinala esta quarta-feira o Dia Europeu do 112, apelando aos portugueses que participem “ativamente na ativação do sistema” em caso de emergência e colaborem com os operadores na triagem da situação.
créditos: Lusa

As chamadas efetuadas para o 112 são sempre atendidas por uma Central de Emergência da Polícia de Segurança Pública, que canaliza para os Centros de Orientação de Doentes Urgentes (CODU) do INEM as chamadas relativas a situações de emergência médica.

Dados avançados à agência Lusa indicam que o INEM atendeu uma média de 3.457 chamadas por dia em 2014, que deram origem ao acionamento de diversos tipos de ambulância (emergência médica, suporte imediato de vida, transporte inter-hospitalar pediátrico), motas de emergência, viaturas médicas de emergência e reanimação e helicópteros.

No total, foram atendidas em 2014 pelos Centros de Orientação de Doentes Urgentes 1.262.145 chamadas de emergência, mais 61.040 relativamente ao ano anterior.

Estas chamadas levaram à ativação de 1.134.090 meios de emergência médica em 2014, mais 62.354 comparativamente com o ano anterior, acrescentam os dados.

No Dia Europeu do 112, o INEM recorda aos portugueses “um gesto simples” que “pode salvar vidas”: ligar o 112 quando as pessoas necessitam de ajuda das autoridades, seja devido a assaltos, situações de incêndios ou socorro e também em caso de emergência médica

“É um alerta e um pedido de colaboração a todos os cidadãos que usam o número de emergência. O sucesso da missão do INEM é apenas possível se o cidadão participar ativamente na ativação do sistema de emergência, ligando 112 em caso de emergência médica e colaborando com os operadores na triagem da situação”, sublinha o instituto, em comunicado.

Comentários