Indústria farmacêutica oferece a São Tomé uma tonelada de medicamentos

A indústria farmacêutica portuguesa enviou hoje, para São Tomé e Príncipe, uma tonelada de medicamentos, como antibióticos, para a dor e a febre, para diabetes, hipertensão e diarreia, no valor de 284.176 euros, anunciou o Infarmed.
créditos: AFP/PHILIPPE HUGUEN

O organismo que regula o setor do medicamento em Portugal, e que ajudou na concretização desta oferta, explicou, em comunicado, que a doação visa “minimizar as graves carências que aquele país atravessa neste setor”.

A oferta insere-se no âmbito do protocolo celebrado, em janeiro, entre o Ministério da Saúde, através da Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde (Infarmed) a Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica (Apifarma), o Governo de São Tomé, a Associação Portuguesa de Medicamentos Genéricos e Biossimilares (Apogen) e a distribuidora Rangel Pharma.

Com a medida, as empresas portuguesas e o Infarmed têm por objetivo “colaborar no acesso ao medicamento e no tratamento de muitos cidadãos santomenses, contribuindo para a prestação de cuidados de saúde essenciais”.

Em março já se tinha realizado um envio de medicamentos.

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários