Índia pede à Pepsi redução do açúcar nos refrigerantes

Consumo de refrigerantes e fast food aumentou entre a classe média
27 de agosto de 2014 - 14h01



O governo da Índia pediu à empresa americana PepsiCo que reduza o teor de açúcar nos refrigerantes, como parte de um plano nacional de luta contra a obesidade e diabetes.



A presidente executiva da PepsiCo, Indra Nooyi, reuniu-se com o ministro indiano da Indústria de Processamento de Alimentos, Harsimrat Kaur Badal, na terça-feira.



"Solicitámos à PepsiCo a redução do conteúdo de açúcar nos refrigerantes por motivos de saúde", afirma um comunicado do ministério.



O consumo de refrigerantes e fast food aumentou entre a classe média, o que elevou a taxa de obesidade e a diabetes no país



A empresa americana substituiu parte do açúcar nas bebidas por stevia, uma planta edulcorante muito utilizada na Europa e em partes da Ásia. A firma não fez o mesmo na Índia porque a substância não foi aprovada para o consumo.



Por SAPO Saúde com AFP
artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários