Ilha de Santa Maria vai ter mais dois médicos de família

Dois médicos de medicina familiar que já manifestaram interesse em ir trabalhar para Santa Maria
28 de fevereiro de 2014 - 15h38



O Governo dos Açores anunciou hoje a abertura de um concurso para a colocação de dois clínicos em Santa Maria, onde, segundo o Conselho de Ilha, "a grande maioria da população" não tem médico de família.



Em comunicado, a Secretaria Regional da Saúde revelou que Santa Maria "vai dispor de mais dois médicos, completando-se assim o quadro da Unidade de Saúde de uma forma permanente e estável”.



Segundo o documento, que cita o secretário regional Luís Cabral, há dois médicos de medicina familiar que já manifestaram interesse em ir trabalhar para Santa Maria. Por causa disso, há "largas centenas de pedidos de consultas de especialidade" não atendidos na Unidade de Saúde de Ilha, afirmou.



Este anúncio surge na sequência de uma reunião, na quinta-feira à noite, entre Luís Cabral e o Conselho de Ilha de Santa Maria.



O presidente deste conselho, Rui Arruda, disse hoje à Lusa que a reunião foi pedida ao secretário regional por causa de "reclamações" que têm chegado à Unidade de Saúde de Ilha relacionadas com problemas na fixação de médicos de família e as deslocações de especialistas a Santa Maria e de doentes a Ponta Delgada, para as consultas de especialidade e exames de diagnóstico.



Segundo Rui Arruda, depois de um decréscimo progressivo nos últimos anos nas deslocações de especialistas a Santa Maria, em 2013 essa diminuição foi "mesmo bastante significativa", revelando uma "enorme falha" na deslocação dos médicos.

Comentários