Hospital Santa Maria aberto à comunidade no Dia Mundial da Criança

Crianças podem levar boneco ou animal de estimação de peluche à “urgência” do hospital
31 de maio de 2013 - 14h38



O Hospital Santa Maria, em Lisboa, abre sábado as portas à comunidade, convidando profissionais, familiares e crianças a visitarem este espaço, que vai estar especialmente animado para acolher o Dia Mundial da Criança.



“Gostávamos de abrir as portas à comunidade, a começar pelos nossos trabalhadores, a quem convidámos a trazer os seus familiares para passar a manhã connosco e estendemos o convite as famílias com crianças que estão a ser tratadas na consulta de pediatria ou estiveram internadas”, disse à agência Lusa a diretora clínica deste hospital.



Maria do Céu Machado explicou que no jardim junto à consulta de pediatria será montada uma espécie de feira, com tendas que vão acolher atividades, como um hospital dos pequeninos.



As crianças podem levar um boneco ou um animal de estimação de peluche à “urgência” deste hospital dos pequeninos, que estará a cargo dos alunos de Medicina.



“Vamos ter burros verdadeiros da Malveira para as crianças darem uma volta ao hospital, assim como dança, cantigas e teatro”, adiantou a pediatra.



Com esta abertura à comunidade, Maria do Céu Machado espera que o hospital passe a ser visto como “um lugar amigável, onde não se vai só quando se está doente”.



“Temos de mostrar que cuidamos das pessoas e gostamos das pessoas e gostamos das crianças e cuidamos das crianças”, adiantou.



O evento servirá ainda para o hospital dizer à comunidade que os profissionais estão preocupados com a saúde e com a doença, mas também com o bem-estar da criança e da família.



Uma preocupação redobrada nos tempos de crise, nos quais os profissionais de saúde têm de “estar muito atentos”.



“Temos de saber responder e ter uma atenção redobrada aos sinais indiretos de que alguma coisa não corra bem naquela família”, adiantou.



Lusa
artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários