Hospital dos Lusíadas dá a conhecer técnica de diagnóstico de tumores cerebrais pioneira

Técnica foi desenvolvida em parceria com uma universidade japonesa

O HPP Hospital dos Lusíadas vai dar a conhecer os novos avanços científicos ao nível do diagnóstico pré-operatório de determinados tumores cerebrais (como os neurinomas do acústico localizados na região do ângulo ponto-cerebeloso), no próximo dia 27 de Maio, a partir das 09h00, no auditório do Hospital dos Lusíadas.

Desenvolvida em parceria com a Universidade de Nara, no Japão, o HPP Hospital dos Lusíadas é pioneiro em Portugal ao facultar uma técnica de diagnóstico que permite a localização exacta de um tumor: a tratografia do nervo facial por ressonância magnética.

Os neurinomas do acústico são tumores cerebrais benignos frequentes que afectam cerca de 1 em 100.000 pessoas. O novo método de tratografia é uma ajuda essencial na localização dos nervos cranianos – nervo facial – no pré-operatório, ajudando a prevenir a paralisia facial, principal complicação desta cirurgia (que é bastante desfigurante para os doentes). Esta técnica de diagnóstico por ressonância magnética dá uma localização exacta do nervo facial para a intervenção cirúrgica, diminuindo, consequentemente, a possibilidade de lesão para o doente.

Para apresentar os avanços científicos nesta área, o HPP Hospital dos Lusíadas vai promover uma conferência subordinada ao tema “ Avaliação Pré-Operatória dos Nervos Craneanos por Ressonância Magnética nos Tumores Cerebrais”, que terá como convidado o Dr. Toshiaki Taoka, do Departamento de Radiologia da Universidade de Nara, no Japão. Este investigador irá partilhar a sua experiência com a comunidade médica portuguesa na utilização da tratografia do nervo facial por ressonância magnética.

26 de maio de 2011

Fonte: Cunha & Vaz Associados

Comentários