Hospital de Ponta Delgada vai ter centro inovador para diabéticos

O Hospital de Ponta Delgada, Açores, vai ter um centro de tratamento "inovador para diabéticos" que vai permitir, "a médio e longo prazo", reduzir as taxas de complicações nestes doentes na região onde a taxa de prevalência ronda os 15,5%.

“Na prática este centro vem proporcionar, principalmente aos diabéticos mais jovens, um tipo de tratamento inovador que irá permitir reduzir, por exemplo, o número de picadas que têm que fazer diariamente não só para controlo, mas também para administração da insulina e garantir também uma maior adesão terapêutica principalmente nestas fases mais jovens que há normalmente uma recusa na própria doença e uma não adesão aos tratamentos convencionais”, explicou o secretário regional da Saúde, Luís Cabral, em declarações à Lusa.

O titular pela pasta da Saúde nos Açores falava à margem da assinatura de um protocolo entre a Direção Regional de Saúde, o Hospital do Divino Espírito Santo e a Associação Protetora dos Diabéticos de Portugal, para a implementação do Centro de Tratamento para a Perfusão Subcutânea Contínua de Insulina.

O centro de tratamento vai ter uma equipa de profissionais que estão em formação e permitirá "um atendimento de 24 horas, de forma a garantir, em qualquer circunstância, a capacidade de resposta dentro desta área”, acrescentou o secretário.

Serão disponibilizadas consultas específicas aos utentes em terapêutica intensiva com bombas de perfusão subcutânea contínua de insulina.

Comentários