Hospitais do Oeste aumentam consultas e cirurgias pelo segundo ano consecutivo

O Centro Hospitalar do Oeste registou, pelo segundo ano consecutivo, um aumento do número de consultas externas e de cirurgias realizadas nos três hospitais agregados no final de 2012.
créditos: AFP

“Os dados já apurados relativamente aos 12 meses do ano anterior demonstram um aumento de 6.101 consultas externas realizadas (mais 4,6%) e um aumento de 224 nas cirurgias realizadas (mais 4%), comparativamente com o ano de 2013”, divulgou hoje o Centro Hospitalar do Oeste (CHO) em nota de imprensa.

Segundo o CHO, as consultas externas realizadas nos três hospitais (Caldas da Rainha, Torres Vedras e Peniche) aumentaram de 133.196 em 2013 para 139.297 em 2014, enquanto as cirurgias registaram, no mesmo período, um acréscimo de 5.540 para 5.764.

O número de primeiras consultas registou também um aumento, já que, em 2014, tiveram pela primeira vez acesso a consulta médica no Centro Hospitalar do Oeste (CHO) 47.325 utentes, mais 4.467 utentes do que em 2013.

Ou seja, registou-se um aumento em 10,4% de primeiras consultas de especialidade realizadas nas Unidades de Caldas da Rainha, Peniche e Torres Vedras.

Os dados, confirmados através do Sistema de Informação para a Gestão de Doentes (da Administração Central do Sistema de Saúde) demonstram tratar-se do “segundo ano consecutivo em que a unidade de saúde aumenta os seus indicadores de produtividade face ao ano imediatamente anterior”, facto que, realçou a administração, “acontece desde a constituição do CHO”, em novembro de 2012.

O aumento do número de consultas e de cirurgias realizadas “traduz-se em ganhos significativos para os utentes da região Oeste, uma vez que estas são duas das áreas de maior importância para a atividade hospitalar e para o acesso aos cuidados de saúde por parte dos cidadãos”, sustentou a administração.

Comentários