Hospitais do Centro assinam protocolos para poupar na compra de medicamentos

Nove hospitais da região Centro assinam protocolos terça-feira para a aquisição conjunta de medicamentos para 2015, gastando um total de 45 milhões de euros na compra e permitindo poupança nessa aquisição.
créditos: LUSA/ MARIO CRUZ

Os hospitais vão adquirir 70 referências de medicamentos (exclusivos, oncológicos e biológicos), num processo com "um valor aproximado de 45 milhões de euros" e que envolve nove unidades hospitalares da região e 14 laboratórios farmacêuticos, afirmou na segunda-feira a Administração Regional de Saúde do Centro (ARSC).

Segundo a ARSC, a aquisição conjunta tem como vantagens "a redução de custos, a simplificação de procedimentos para aquisição do medicamento e normalização dos prazos de pagamento à indústria farmacêutica".

O processo para a compra conjunta de medicamentos, promovido pela ARSC, "teve início em fevereiro de 2013 e realiza-se pelo terceiro ano consecutivo", referiu a fonte.

Em novembro de 2013, o presidente da ARS do Centro, José Tereso, aquando de uma encomenda conjunta de medicamentos num total de 65 milhões de euros, referiu que os hospitais estimavam poupar com essa mesma compra "4,6 milhões de euros", ao negociarem em conjunto.

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários