"Hormona da fome" poderá ajudar a tratar viciados em sexo

Investigadores suecos descobriram que existe uma hormona - a grelina - que aumenta o apetite sexual dos ratinhos em laboratório e estimula o apetite nos seres humanos, que poderá ajudar a tratar pessoas viciadas em sexo.
créditos: AFP

A grelina é uma hormona do aparelho digestivo que estimula o apetite - é por isso vulgarmente conhecida por hormona da fome -, assim como a vontade de consumir álcool e drogas quando ativado o sistema de recompensa do cérebro, responsável pelas dependências.

A farmacologista Elisabet Jerlhag Holm e o médico endocrinologista Emil Egecioglu conseguiram mostrar que, quando os ratos recebem um suplemento de grelina, o seu apetite sexual aumenta e os seus esforços por encontrar um parceiro também, segundo indica a Universidade de Gotemburgo em comunicado.

Depois de realizar a operação inversa, ou seja, ao reduzirem a grelina injetada nos ratinhos, comprovaram que o apetite sexual diminuía.

Neste fase, nada comprova ainda que estas conclusões possam ser extrapoladas para os seres humanos.

"Descobrir isso exigirá investigações consideráveis. Mas os inibidores de grelina poderão talvez ser uma chave para futuros tratamentos contra o vício do sexo e abusos sexuais", explicou Jerlhag Holm, escreve a agência France Presse.

O estudo intitulado "O papel da sinalização da grelina no comportamento sexual dos ratos machos" foi publicado pela revista Addiction Biology.

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários