Genes poderão justificar a puberdade precoce

As raparigas têm a sua primeira menstruação cada vez mais cedo

Um grupo de investigadores internacionais chegou à conclusão de que, pelo menos, 30 genes influenciam a idade em que as raparigas atingem a sua puberdade.

A equipa estudou o código genético de mais de 100 mil mulheres, publicando os seus resultados no jornal Nature Genetics. Em Inglaterra, o número de raparigas que têm a sua primeira menstruação aos 10 anos é cada vez maior.

Os médicos afirmam que a puberdade precoce poderá ser um factor de risco para as mulheres contraírem, um dia mais tarde, algum tipo de cancro.

As razões porque as raparigas atingem a puberdade cada vez mais cedo, comparativamente há 100 anos atrás, ainda não são totalmente compreendidas pelos investigadores. Alguns teorizam que a puberdade poderá estar relacionada com a obesidade, o que é igualmente defendido por investigadores dos Estados Unidos da América, Europa e Austrália, nas suas últimas pesquisas apresentadas no consórcio Reprogen.

Entre os 30 genes estudados na pesquisa do genoma humano, os investigadores já relacionavam alguns ao metabolismo basal (quantidade mínima de energia necessária para mantermos as funções vitais do organismo em repouso) e ao controle de peso. No entanto, ainda não está totalmente comprovado que se as raparigas forem obesas ou tiverem um peso acima da média, durante a sua infância,a primeira menstruação aparecerá mais cedo.

Este estudo ainda não comprovouqual o grau de influência dos genesna origem da puberdade precoce ou se, por outro lado, são os factores ambientais, comoas dietas e a nossa educação, que mais influenciam a idade em que as raparigas têm a sua primeira menstruação.

22 de Novembro de 2010

Fonte: BBC Saúde

Comentários