Físico antevê acesso à Internet através de lentes de contacto

A ideia de que um dia será possível ter acesso à Internet nas lentes de contacto é uma das matérias a abordar pelo físico Michio Kaku durante uma conferência que decorrerá a 12 de março, em Matosinhos. Outra ideia do físico é a aplicação de sensores na roupa que detetam sinais de perigo para a saúde.
créditos: AFP PHOTO / Yasuyoshi CHIBA

Na nona edição do "QSP Summit”, na Exponor e que vai contar com mais de mil participantes, Michio Kaku, de 67 anos e de nacionalidade norte-americana, vai defender ainda, segundo informações avançadas hoje à agência Lusa pela organização, a ideia de que será possível "controlar computadores através de minis sensores que captam as imagens do cérebro".

Defenderá também que haverá a possibilidade de serem colocados sensores na roupa que ajudem a analisar o nosso ADN e as nossas células, "de forma a detetar precocemente eventuais sinais de perigo" para a saúde.

A apresentação que fará no evento terá ainda como tema central a noção de "capitalismo perfeito", um conceito que, no seu entender, resulta do facto de os consumidores estarem "hiperconetados" podendo, por isso, "saber tudo sobre um produto".

Discípulo de Einstein

Aos 67 anos, Kaku é um reconhecido orador e teórico da física a nível mundial, sendo ainda autor de vários bestsellers internacionais.

De acordo com a página oficial do cientista na Internet, Michio Kaku é um dos cofundadores da chamada "teoria das cordas", dedicando-se a prosseguir a tentativa de Einstein de unir as quatro forças da natureza numa única "teoria de tudo".

Comentários