Exercício físico durante gravidez reduz risco de bebés de peso elevado

Investigação publicada na revista British Journal of Sports Medicine envolveu 510 grávidas
18 de junho de 2013 - 15h33



A prática de exercício físico moderado três vezes por semana durante o segundo e o terceiro trimestre da gravidez reduz para metade o risco de ter bebés com um peso elevado (mais de quatro quilogramas), indica um estudo.



A redução do risco do nascimento de bebés mais pesados leva igualmente a uma diminuição do risco dos partos por cesariana, de acordo com a investigação dirigida por Jonatan Ruiz, da Universidade de Granada, Rubén Barakat, da Universidade Politécnica de Madrid, e Alejandro Lucía, da Universidade Europeia de Madrid.



O trabalho, que foi publicado na revista British Journal of Sports Medicine, envolveu 510 grávidas, informou hoje a Universidade de Granada, segundo a agência noticiosa espanhola EFE.



As participantes, que eram sedentárias, tiveram de realizar um programa de treino de 55 minutos de exercício aeróbico, alongamento muscular e flexibilidade durante três dias por semana, a partir da 10.ª-12.ª semana de gravidez até à 38.ª-39.ª.



Os resultados demonstraram que o programa não reduziu o aparecimento da diabetes mellitus gestacional, mas sim os dois maiores riscos que lhe estão associados: a macrossomia (excesso de peso do recém-nascido), que se reduziu em 58 por cento, e o parto por cesariana, que diminuiu 34 por cento.



Jonatan Ruiz considerou que os resultados do trabalho “reforçam a necessidade” da realização de exercício físico com vigilância durante a gravidez “para combater os efeitos negativos da diabetes mellitus gestacional”.



Lusa
artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários