Estudo confirma casos de resistência ao Tamiflu em seres humanos infetados pelo H7N9

Na China, há 130 casos registados de pessoas infetadas pelo vírus que já causou 37 mortes
28 de maio de 2013 - 16h06
Uma equipa de cientistas confirmou pela primeira vez vários casos de resistência do vírus da gripe aviária H7N9 aos medicamentos antivirais normalmente utilizados contra a gripe em humanos, como o Tamiflu.
No estudo publicado na revista médica The Lancet, o médico Zhenghong Yuang, do Colégico Médico de Xangai, que pertence à universidade chinesa de Fudan, e a equipa descrevem três casos de resistência aos antivirais em pacientes infetados pelo vírus na China.
A equipa estudou os casos de 14 pacientes hospitalizados em abril com infeção confirmada pelo vírus H7N9.
Em três pacientes, o tratamento antiviral não reduziu a carga viral, o que levou os virologistas a suspeitar que existia uma resistência, que acabou por ser confirmada pela análise genética do vírus, já que os cientistas detetaram uma mutação característica de resistência aos antivirais.
Dois dos pacientes acabaram por morrer.
Na China, há 130 casos registados de pessoas infetadas pelo vírus que já causou 37 mortes. Nenhum caso humano foi registado nas últimas duas semanas, informou o governo chinês, cita a agência France Presse.

SAPO Saúde com AFP
artigo do parceiro: Nuno de Noronha

Comentários