Estados membros pedem a Bruxelas orientações comuns contra Ébola

Os responsáveis pela diplomacia europeia pediram hoje à Comissão Europeia para preparar protocolos e respostas comuns para os Estados-membros aplicarem nos pontos de entrada nacionais, face à epidemia de Ébola.
créditos: AFP

No texto de conclusões do Conselho de Ministros dos Negócios Estrangeiros da UE, os 28 sublinham “a importância de serem realizadas mais consultas com vista à coordenação de medidas nacionais nos pontos de entrada“, pedindo a Bruxelas para que proponha “protocolos e procedimentos comuns” que considere apropriados.

Os ministros apelam ainda aos Estados-membros para que considerem a possibilidade de usar “os sistemas de informação sobre vistos e ainda dados fornecidos pelas transportadoras aéreas”, de modo a antecipar a chegara de potenciais doentes infetados com o vírus da febre hemorrágica.

Na Bélgica, começaram hoje a ser rastreados os passageiros oriundos de países atingidos pelo Ébola, a exemplo do que já sucede no Reino Unido e em França.

artigo do parceiro: Nuno de Noronha

Comentários