Esta empresa paga aos funcionários para dormirem mais

Se gosta de dormir, conseguir um emprego na seguradora norte-americana Aetna pode ser um bom investimento. A empresa paga até mais 300 dólares por ano se dormir mais de sete horas por noite.

Um projeto criado em 2009 pela Aetna recompensa os colaboradores que durmam pelo menos sete horas por noite.

Quem participa pode ganhar 25 dólares por cada 20 noites bem dormidas até ao limite máximo anual de 300 dólares (cerca de 270 euros). Em 2015, cerca de 12 mil dos 25 mil funcionários da empresa participaram no projeto, relata a BBC. A empresa criou o projeto devido à sua preocupação com o impacto da falta de sono no desempenho profissional.

Os funcionários podem registar as horas de sono automaticamente, através de um monitor de pulso ligado à rede de computadores da Aetna. Os que preferirem dormir sem o controlador - porque pode interferir com a capacidade de adormecer - pode inserir as horas de sono manualmente no sistema. A empresa confia.

Saiba também:10 razões saudáveis para dormir (todo) nu

Veja ainda10 alimentos que o fazem ter sono

Kay Mooney, vice-presidente da Direção de Funcionários Aetna, diz que uma boa noite de sono é "um dos muitos hábitos saudáveis" que querem incutir na equipa.

"Eles também recebem pagamentos extraordinários por fazerem exercício", disse à televisão britânica.

Sabe-se, pela ciência, que poucas horas de sono de forma consecutiva aumentam a probabilidade de doenças, como o Alzheimer, e podem provocar quebras no desempenho profissional.

As 10 coisas que as pessoas saudáveis fazem antes de dormir

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários