Enfermeiros estão hoje em greve na região Centro

Os enfermeiros vão estar hoje em greve, na região Centro, e quinta-feira, no Norte, em protesto contra a ausência de propostas do Governo sobre a revisão salarial.

(FOTO DE ARQUIVO)

créditos: ARMÉNIO BELO/LUSA

Esta greve regional, convocada pelo Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP), começou em Lisboa, no Alentejo e Algarve, onde as paralisações se verificaram de 11 a 13 de agosto, e estende-se agora às regiões do Centro e Norte.

Em causa estão a revisão da grelha salarial, o reposicionamento dos atuais enfermeiros nas novas grelhas salariais que forem negociadas, o suplemento remuneratório para enfermeiro especialista e a harmonização salarial dos enfermeiros em Contrato Individual de Trabalho (CIT).

O sindicato alega que, das quatro propostas apresentadas à tutela, apenas uma – harmonização salarial dos profissionais em CIT - obteve uma contraproposta por parte do ministério, não tendo contudo sido ainda concretizada.

Segundo o SEP, no dia 27 de julho, o Ministério da Saúde apresentou uma proposta de harmonização salarial para cerca de 10 mil enfermeiros em CIT, mas não os “reposicionou de imediato” e “não apresentou contrapropostas em relação às outras três matérias”, o que justifica esta nova greve.

O sindicato sublinha que, apesar das greves de 11, 12 e 13 de agosto, o Governo, através dos Ministérios da Saúde e das Finanças, continuou sem apresentar contrapropostas negociais e sem resolver outros aspetos apresentados nas reuniões de negociação.

artigo do parceiro: Nuno de Noronha

Comentários