Ébola: Epidemia já causou 1.229, 84 dos quais em três dias

OMS contabilizou 2.240 casos desde março

19 de agosto de 2014 - 12h00

A epidemia de bola já causou 1.229 mortos, 84 dos quais em três dias, informou hoje a Organização Mundial de Saúde (OMS), assinalando a forte progressão da doença apesar da mobilização internacional. 

Entre 14 e 16 de agosto, foram registados 113 novos casos (confirmados, prováveis ou suspeitos) e 84 mortes nos países da África Ocidental afetados, de acordo com este novo balanço apresentado pela OMS em Genebra. 

No total, desde o início da epidemia em março, a OMS contabilizou 2.240 casos, dos quais 1.229 resultaram na morte do doente. 

A Libéria é o país que registou o maior número de mortos entre 14 e 16 de agosto, com 53 mortes e 48 novos casos. No total, foram contabilizados 834 casos, com 466 mortos. 

Na Guiné-Conacri, onde esta epidemia teve origem, foram registadas 14 novas mortes e 24 novos casos, atingindo-se um total de 543 casos, incluindo 394 mortos. 

Na Serra Leoa, naquele período de três dias foram registados 17 mortos e 38 novos casos. O balanço é agora de 848 casos, com 365 mortos. 

A Nigéria contabilizou três novos casos e nenhuma morte entre 14 e 16 de agosto. O país mais populoso de África conta com um total de 15 casos, incluindo quatro mortos. 

A OMS decretou a 08 de agosto o estado de emergência de saúde pública mundial contra esta epidemia de febre hemorrágica sem precedentes e recomendou medidas de exceção nos países afetados. 

Por Lusa

artigo do parceiro: Nuno de Noronha

Comentários