Doze distritos do continente sob aviso amarelo devido à chuva

Doze distritos do continente estão esta terça-feira sob aviso amarelo, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, devido à previsão de chuva, informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).
créditos: AFP PHOTO / PHILIPPE HUGUEN

De acordo com o IPMA, os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Vila Real, Bragança, Viseu, Leiria, Coimbra, Guarda, Castelo Branco e Santarém vão estar sob aviso amarelo devido à previsão de períodos de chuva ou aguaceiros por vezes fortes e acompanhados de trovoada.

Os doze distritos do continente vão estar sob aviso amarelo entre as 21:00 de hoje e as 21:00 de quarta-feira.

O aviso amarelo é emitido pelo IPMA quando existe uma situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

O IPMA prevê para hoje nas regiões do norte e centro do continente céu muito nublado, períodos de chuva, sendo por vezes forte no litoral a norte do Cabo Mondego para o final do dia, vento em geral fraco do quadrante sul, neblina ou nevoeiro matinal e pequena subida da temperatura mínima.

No sul, prevê-se céu geralmente muito nublado, com abertas no Baixo Alentejo e Algarve, períodos de chuva fraca, em especial no litoral oeste e até meio da tarde, vento fraco a moderado do quadrante oeste, neblina ou nevoeiro matinal e pequena subida da temperatura mínima.

Na Madeira a previsão aponta para períodos de céu muito nublado, aguaceiros fracos, em especial nas vertentes norte, e vento fraco a moderado de noroeste.

O IPMA prevê para hoje nos Açores céu muito nublado, com abertas a partir da tarde, períodos de chuva fraca passando a aguaceiros fracos, neblinas durante a madrugada e manhã e vento moderado.

Quanto às temperaturas, em Lisboa e em Coimbra prevê-se uma máxima de 22 graus Celsius, no Porto e em Braga 21, Beja 27, Évora 25, Castelo Branco 23, Funchal 26, Guarda 17, Bragança e Viana do Castelo 20, Viseu 18 e Ponta Delgada, Angra do Heroísmo e Santa Cruz das Flores 24.

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários