Direção-Geral de Saúde faz alerta de calor para distrito de Castelo Branco

Calor excessivo pode ter efeitos nocivos junto de pessoas com doenças crónicas
2 de julho de 2013 - 07h37



A Direção-Geral de Saúde (DGS) emitiu um alerta de calor para hoje para o distrito de Castelo Branco devido à prevalência das temperaturas máximas elevadas na ordem dos 34 graus Celsius.



A informação consta da página na Internet da Direção-Geral de Saúde, que alerta que o calor esperado pode ter efeitos nocivos para a saúde.



Esses efeitos manifestam-se “através do agravamento de doenças crónicas, principalmente na população idosa, e de doenças relacionadas com o calor, como as cãibras, esgotamento por calor e a situação mais grave os golpes de calor”, indica a DGS.



O IPMA prevê para hoje no continente céu pouco nublado, aumentando temporariamente de nebulosidade por nuvens altas em especial a partir da tarde, e apresentando períodos de muito nublado até ao início da manhã no litoral oeste.



A previsão aponta também para vento em geral fraco de noroeste, rodando para sudoeste durante a tarde no sotavento algarvio, e soprando moderado no litoral oeste e nas terras altas em especial durante a tarde, neblina matinal em alguns locais e pequena descida de temperatura, mais significativa da mínima nas regiões do interior centro e sul.



Na Madeira e nos açores prevê-se céu com períodos de muito nublado e vento fraco.



Quanto às temperaturas, em Lisboa prevê-se uma máxima de 25 graus Celsius, no Porto 20, em Faro 26, em Castelo Branco 34, Portalegre 30, em Évora 33, em Beja 32, no Funchal 22, em Ponta Delgada e Angra do heroísmo 23 e em Santa Cruz das Flores 24.



Lusa
artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários