Direção-Geral de Saúde emite alerta amarelo por causa do calor

A DGS alerta que “devido às temperaturas elevadas pode haver efeitos na saúde”

20 de agosto de 2013 - 10h33

A Direção-Geral de Saúde (DGS) emitiu hoje um alerta amarelo de calor para oito distritos, a maioria do interior do país, devido à previsão de temperaturas máximas elevadas.

O alerta amarelo de calor, divulgado na página da Internet da DGS, foi feito para os distritos de Braga, Vila Real, Bragança, Castelo Branco, Portalegre, Évora, Beja e Faro.

A DGS alerta que “devido às temperaturas elevadas pode haver efeitos na saúde”.

Por causa das temperaturas elevadas, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) manteve hoje doze distritos de Portugal continental e o arquipélago da Madeira continuam sob aviso amarelo.

Segundo informação disponibilizada na página do IPMA na Internet, sob aviso amarelo, o segundo menos grave de uma escala de quatro, estão os distritos de Braga, Vila Real, Bragança, Viseu, Guarda, Castelo Branco, Portalegre, Lisboa, Setúbal, Évora, Beja e Faro.

O aviso vai estar em vigor até às 19:59 de quarta-feira, no continente, e até às 20:59 de quinta-feira nas ilhas da Madeira e de Porto Santo.

O IPMA prevê para hoje, no continente, céu geralmente limpo e uma pequena subida de temperatura, especialmente da máxima, nas regiões Norte e Centro. O vento hoje deverá soprar fraco, a menos de 15 quilómetros por hora (km/h), soprando temporariamente moderado (15 a 30 km/h) durante a tarde no litoral a sul do cabo da Roca e nas terras altas do Norte e Centro até meio da manhã.

Quanto às temperaturas, em Lisboa prevê-se uma máxima de 37 graus Celsius, no Porto de 29 e em Faro de 33.

Lusa

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários