Direção-Geral da Saúde emite alerta de calor para Bragança, Évora e Beja

Agravamento de doenças crónicas é um dos efeitos da exposição prolongada ao calor

10 de julho de 2014 - 07h44

A Direção-Geral da Saúde (DGS) emitiu um alerta amarelo de calor para hoje nos distritos de Bragança, Évora e Beja devido à previsão de temperaturas elevadas, que podem ter efeitos nocivos na saúde.

De acordo com informação disponível na página na Internet da DGS, os distritos de Bragança, Évora e Beja vão estar hoje em alerta amarelo devido ao calor, prevendo-se uma temperatura máxima acima de 30 graus Celsius.

O alerta amarelo de calor significa que, "devido às temperaturas elevadas, pode haver efeitos na saúde".

A DGS alerta que a exposição ao calor intenso, particularmente durante vários dias consecutivos, “pode produzir efeitos negativos na saúde humana”.

Esses efeitos, avisa, manifestam-se “através do agravamento de doenças crónicas, principalmente na população idosa, e doenças relacionadas com o calor, como as cãibras, esgotamento por calor e a situação mais grave os golpes de calor (insolação solar)”.

Face às temperaturas elevadas, que nalgumas regiões deverão atingir mais de 35 graus Celsius, a DGS recomenda à população que adote “medidas de prevenção”, destinadas principalmente às crianças, idosos e doentes crónicos, devido à previsão de uma “subida acentuada da temperatura”.

Nos períodos de maior calor, a DGS aconselha a população a permanecer em “ambientes frescos” e a evitar atividades que exijam grandes esforços físicos.

Aconselha ainda quem tenha de andar na rua a utilizar roupa solta, opaca e que cubra a maior parte do corpo, chapéu de abas largas, óculos com proteção contra radiação UVA e UVB e protetor solar com fator igual ou superior a 30.

Por Lusa

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários