Diabetes provoca quase 10 mil amputações em sete anos

Quase 10 mil amputações de membros inferiores foram feitas em sete anos em Portugal por causa da diabetes, sendo esta uma das mais graves complicações da doença.

De acordo com dados oficiais nacionais divulgados hoje, dia em que se assinala o Dia Mundial da Diabetes, o número de amputações tem registado uma diminuição constante desde 2013, mas no ano passado ainda foram feitas mais de mil amputações de pés, tornozelos ou pernas.

O ano passado, 2016, foi o ano com menor amputações desde que há registo, de acordo com o relatório do Programa Nacional para a Diabetes que hoje é divulgado. Em 2010 foram feitas mais de 1.600 amputações e passados seis anos caíram para 1.037.

As amputações mais frequentes continuam a ser a dos pés, com 604 feitas no ano passado, enquanto foram realizadas 433 amputações ao nível da coxa, perna ou tornozelo.

A doença renal é outra das complicações frequentes da diabetes, havendo uma incidência de diabetes nos doentes renais crónicos na ordem dos 33%.

Responsável pela cegueira em adultos, a retinopatia diabética é outra das complicações graves. Em 2016, o número de rastreios a esta retinopatia cresceu mais de 30%, tendo sido realizadas mais 38.045 rastreios, num total acima dos 158 mil.

Também ligada a maus hábitos alimentares, a diabetes surge de forma evidente em pessoas com excesso de peso, sendo que 55% das pessoas com diabetes apresenta obesidade.

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários