Deficiência mental

Festival dos Sentidos promove inclusão no Centro Cultural da Malaposta

A terceira edição do Festival dos Sentidos, um espetáculo que pretende promover a integração de pessoas com deficiência mental, arrancou hoje no Centro Cultural da Malaposta, Odivelas, onde decorrerá até 19 de fevereiro.

A iniciativa é organizada pela Associação de Pais e Amigos dos Deficientes Mentais Adultos (CEDEMA), que pretende, ao longo de quatro dias, dar a conhecer “o melhor que cada utente da instituição tem para oferecer”, segundo explicou à agência Lusa a presidente da associação, Maria Antónia.

Fundada em 1982, a CEDEMA é uma instituição privada de solidariedade social fundada por um grupo de pais que “ao ver-se envelhecer, vivia na angústia de deixar os filhos deficientes crescerem sem as mínimas condições”.

A missão da associação é atender, alojar e promover a inclusão social de adultos portadores de deficiência mental, estimulando as suas capacidades.

“Longe vai o tempo em que as pessoas com deficiência viviam escondidas e representavam um estigma para as famílias. A nossa instituição pretende criar condições que permitam integrar estas pessoas na sociedade”, sublinhou a responsável da CEDEMA.

Segundo a presidente da CEDEMA, o Festival dos Sentidos, que envolve os 29 utentes da instituição, é uma oportunidade para estes “artistas” demonstrarem que “podem criar e fazer coisas” nas mais diversas áreas.

“É uma aventura vê-los pensar e a responder a todos os estímulos”, apontou.

O Festival dos Sentidos, que contará com espetáculos e workshops administrados pelos utentes da CEDEMA terá também a presença de vários artistas, como a pianista Olga Prats e o tenor Pedro Tavares.

As noites do festival vão contar igualmente com a presença dos artistas Roda de Choro, Batoto Yetu, Gospel Collective, Woodraft, The Offshores, Groove Inc, Nobody’s Bizness, Genoveva Faísca e João Bengala.

16 de fevereiro de 2011

Fonte: LUSA/SAPO

Comentários