Cruz Vermelha Portuguesa lança apelo de emergência para a Etiópia

Ajuda visa assistir beneficiários através de bens, serviços e numerário

A Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho (FICV) lançou no passado dia 5 de Agosto o Apelo de Emergência Preliminar para a Etiópia no valor de 9.969.351Euros (10.978.250 Francos Suíços), com vista a assistir através de bens, serviços e numerário a 165 mil beneficiários durante 6 meses, até ao final de Janeiro de 2012.

Segundo comunicado da Cruz Verelha Portuguesa, este apelo é uma resposta à seca que a região do Corno de África vive nos últimos meses e que levou a uma situação de emergência humanitária sem precedentes.

O apelo preliminar foi originado após um pedido feito por parte da Cruz Vermelha Etíope e uma primeira avaliação de necessidades e centra-se na assistência através das seguintes áreas: distribuição de alimentos e subvenções financeiras, água e saneamento, saúde e fortalecimento institucional. Apoiará igualmente a implementação de actividades de planeamento para uma recuperação a longo prazo e reabilitação das comunidades pastorícias mais vulneráveis.

A CV Etíope irá levar a cabo uma segunda e mais aprofundada avaliação de necessidades para definir outras actividades e responder adequadamente a esta catástrofe. Será dada especial ênfase à recuperação precoce e aos meios de subsistência, reabilitação a longo prazo e redução de risco de desastres.

Para mais informações poderá consultar o apelo na íntegra, através da página da FICV.
Os donativos poderão ser efectuados através do Fundo de Emergência da Cruz Vermelha Portuguesa.

10 de agosto de 2011

Comentários