Maxence recebeu uma prótese de mão impressa em 3D

Um menino de seis anos, chamado Maxence, que nasceu sem a mão direita, tornou-se na primeira criança francesa com uma prótese impressa em 3D, uma tecnologia barata e lúdica destinada a crianças nascidas com malformações.

"O Maxence não vai sofrer nenhum transplante ou operação. A prótese será anexada e poderá ser retirada quando ele quiser", explica a mãe Virginie Contegal à agência France Presse.

"Quando Maxence nasceu, decidimos não colocar nenhuma prótese médica. Agora, vai ter uma mão da cor que quiser, de super-herói (com um grande "M" de "superMax") que poderá tirar ou colocar quando quiser. Vai ser divertido durante as brincadeiras com os colegas", afirma Virginie Contegal.

Graças à tecnologia de impressão em 3D, este tipo de prótese custa entre 50 e 200 euros, segundo o tamanho da mão. Se a criança a partir ou perder, poderá ser feita outra facilmente.

Os pais de Maxence não tiveram de pagar nada. A associação americana e-NABLE está a comparticipar a 100% o caso.

Artigo atualizado às 10h15 de 18 de agosto de 2015, com a foto de Maxence

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários