Conselho Consultivo do Centro Hospitalar de Leiria alerta para falta de pessoal

Portaria 82/2014 pode afastar valências o que está também a preocupar a administração hospitalar
11 de junho de 2014 - 16h22



A falta de pessoal médico foi um dos problemas discutido na última reunião de Conselho Consultivo do Centro Hospitalar de Leiria (CHL), que aprovou o Plano Estratégico, informou hoje a unidade de saúde em comunicado.



"Dois pontos fulcrais também em discussão nesta reunião foram as dificuldades verificadas na dotação de pessoal, designadamente médico, e as complicações decorrentes da publicação da portaria 82/2014, que classifica os serviços e instituições do Serviço Nacional de Saúde, e que poderá esvaziar a capacidade de resposta às populações do CHL em algumas valências", informou o hospital.



O Conselho de Administração do CHL apresentou o Plano Estratégico para o triénio 2013-2015, onde se destacam os "objetivos estratégicos relativos à reforma hospitalar, sustentabilidade económico-financeira, articulação com as redes de cuidados primários e cuidados continuados, adequação de cuidados às necessidades das populações e à gestão clínica".



Os membros do Conselho Consultivo "manifestaram as suas posições sobre alguns destes objetivos", em particular "a área de influência do CHL" e a "articulação com os cuidados primários, a dotação de pessoal e a prestação de cuidados ao nível da urgência, correspondendo às necessidades dos cidadãos", adiantou o mesmo comunicado.



O CHL revelou como conclusões "relevantes" a "necessidade de uma avaliação ponderada para uma futura tomada de posição em relação à possível requalificação do hospital de Alcobaça".



"O CA renovou a sua intenção de continuar o trabalho de rigor e qualidade, numa aposta para consolidar a integração orgânica e funcional das unidades que integram o CHL, de melhorar a organização global e a acessibilidade dos utentes aos serviços, bem como motivar e mobilizar os profissionais para o projeto CHL", lê-se ainda no comunicado.



Numa perspetiva de descentralização, ficou definido que a próxima reunião do Conselho Consultivo será realizada, em dezembro, em Alcobaça.



Por SAPO Saúde
artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários