Cirurgião Manuel Carvalho vai liderar administração do Hospital de Évora

Manuel Carvalho já integrava o conselho como diretor clínico
16 de maio de 2013 - 18h04



O cirurgião Manuel Carvalho vai acumular a direção clínica e a presidência do conselho de administração do Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE), revelou hoje à agência Lusa a Administração Regional de Saúde (ARS).



O Governo aprovou hoje, em Conselho de Ministros, a nomeação dos membros do novo conselho de administração daquela unidade hospitalar, que passa a ser composto por quatro elementos (até agora tinha cinco).



Contactada pela Lusa, a ARS do Alentejo revelou que o diretor clínico Manuel Carvalho vai passar a assumir também o cargo de presidente do conselho de administração.



O cirurgião vai substituir Maria Filomena Mendes, a presidente do conselho de administração do HESE cujo mandato terminou a 31 de dezembro do ano passado, mas que continuava em funções a aguardar esta decisão do Conselho de Ministros.



Enquanto diretor clínico, Manuel Carvalho já integrava esse conselho, tal como outros dois elementos hoje nomeados: o enfermeiro-diretor José Manuel Chora e o vogal Carlos António Gomes.



Na composição escolhida pelo Governo para este novo mandato, com a duração de três anos, renovável, apenas surge um novo membro, o vogal José Fernando Ventura.



Em comunicado, o Conselho de Ministros divulgou que, no âmbito deste processo, foi ouvida a Comissão de Recrutamento e Seleção para a Administração Pública, que se pronunciou favoravelmente sobre estas nomeações.



A anterior presidente Maria Filomena Mendes, demógrafa e professora universitária, regressa à Universidade de Évora.



Lusa
artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários