Chá preto melhora a performance mental

A combinação de cafeína e teanina presente no chá preto tornam-no ideal para consumo ao pequeno-almoço, beneficiando a atividade mental durante todo o dia, revelam novos estudos.

No decorrer da última década têm sido feitos estudos com foco no fator “atenção” - elemento fundamental na nossa vida diária, principalmente no que toca a trabalho, pois influencia a memória, a execução de tarefas complexas e o próprio raciocínio.

Para comprovar cientificamente os efeitos deste chá, os especialistas estudaram os efeitos de duas componentes fundamentais do chá preto: a cafeína e a teanina.

Um estudo publicado na revista científica Nutritional Neuroscience intitulado "A combinação de L-Teanina e Cafeína melhora a performance cognitiva e aumenta o estado de alerta"  investigou o efeito em jovens adultos de uma combinação de 97 miligramas de Teanina e 40 miligramas de Cafeína (o que equivale a entre duas a três chávenas de chá preto – tendo em conta uma chávena de chá de 200 miligramas), na performance cognitiva, no estado de alerta, na pressão arterial e batimentos cardíacos, comparando com os efeitos de um tratamento placebo.

Estes efeitos acima referidos foram analisados antes e após a administração da cafeína e da teanina. A combinação de níveis moderados de teanina e cafeína melhorou significativamente a precisão na execução de tarefas e aumento do estado de alerta, bem como redução do cansaço. Ficou também provado que a combinação entre os dois elementos presentes no chá preto aumenta os níveis de atenção em tarefas cognitivas exigentes, sendo por isso a bebida ideal para começar o dia.

Um outro estudo, intitulado "A relação entre o chá e o consumo de outras bebidas na performance laboral e no humor",veio reforçar as conclusões do estudo anteriormente referido no que respeita ao estado de alerta e redução do cansaço. Demonstrou ainda que o consumo de chá tem a capacidade de melhorar o estado de humor, mantendo-o positivo ao longo do dia e otimizando estados psicológicos e a performance no trabalho, bem como a resolução de problemas de forma criativa.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), um consumo de cafeína moderado não é prejudicial para a saúde. Este organismo recomenda que não se ultrapasse os 300 miligramas de cafeína por dia, sendo que o chá preto contém, em média, 45 miligramas por chávena, cerca de metade de um café expresso.

Comentários