Cerca de 1,5 milhões de portugueses com mais de 60 anos vacinados contra a gripe

Cerca de um milhão e meio de portugueses com mais de 60 anos já se vacinaram contra a gripe sazonal, segundo o relatório do Vacinómetro, que monitoriza em tempo real a taxa de cobertura da vacinação em grupos prioritários.
créditos: TIAGO PETINGA/LUSA

Mais de 1,4 milhões de portugueses com 60 ou mais anos foram vacinados, dos quais 60,3% (1.225.661 idosos) tinham idade igual ou superior a 65 anos e 30,7% (198.654 idosos) tinham idades compreendidas entre os 60 e os 64 anos, segundo os dados da segunda avaliação do vacinómetro para a época 2014-2015.

Entre os grupos considerados prioritários pela Direção-Geral da Saúde, estima-se que se tenham vacinado 37% dos portadores de doenças crónicas e 50% dos profissionais de saúde com contacto direto com doentes.

O vacinómetro indica que até ao momento se vacinaram pela primeira vez cerca de 6% das pessoas pertencentes a grupos prioritários para vacinação e que ainda tenham intenção de se vacinar 15% de indivíduos deste mesmo grupo.

Entre a população com 65 ou mais anos, terão intenção de se vacinar 12%, estima esta monitorização.

Mais homens vacinados do que mulheres

O vacinómetro demonstra ainda que se vacinaram mais homens (48,2%) do que mulheres (47,3%), embora a diferença seja quase residual.

De acordo com Filipe Froes, médico pneumologista membro da Sociedade Portuguesa de Pneumologia, “a gripe é a principal doença do adulto que pode ser prevenida pela vacinação”, pelo que esta deve ser vista “como um investimento na prevenção de inúmeras complicações”.

Comentários