Centro Hospitalar Universitário de Coimbra e Europ Assistance assinam protocolo

Europ Assistence é um dos maiores grupos mundiais na área dos seguros
6 de março de 2014 - 14h28



O Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) e a Europ Assistance assinaram hoje, em Paris, um acordo cooperação ao nível da internacionalização, com destaque para o desenvolvimento das relações com a África lusófona.



"A Europ Assistance é um parceiro ideal para este projeto de internacionalização, porque ele está praticamente em todo o mundo", disse à Lusa José Martins Nunes, presidente do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra.



O CHUC já é parceiro de Angola e Cabo Verde, o que, para a Europ Assistence, um dos maiores grupos mundiais na área dos seguros, constitui uma vantagem para a sua interação em países lusófonos onde já estão presentes e se pretendem instalar.



"A Europ Assistance está presente também, cada vez mais, no continente africano e em países lusófonos. Estabelecemo-nos em Angola desde 2008, 2009, temos lá atividades médicas importantes, acompanhamos grandes empresas internacionais no seu desenvolvimento em Angola", garantiu Emmanuel Légeron, chefe executivo da Europ Assistance - Global Coporate Solutions.



"Estamos em Angola e estaremos no fim do ano em Moçambique, pelo que a forte parceria com o CHUC é fundamental também na nossa estratégia em África", assegurou.



A crescente presença de cidadãos franceses em Portugal leva a uma procura de "serviços médicos de excelência", assim como a capacidade de "acolher pacientes do mundo inteiro, tecnologia de ponta, multilinguismo, qualidade de acolhimento", o que fez com que a parceria com o CHUC "tenha sido evidente" para a Europ Assistance.



"Temos muitos clientes que vão a Portugal, seja em negócios, turismo e também, cada vez mais, reformados franceses, mas também oriundos de outros países europeus, que pelas mesmas razões que já evoquei vêem em Portugal um local muito interessante, com qualidades muitos interessantes, e as estruturas de cuidados [médicos] são importantes na sua decisão final e que Portugal oferece hoje", referiu o chefe executivo.



"Portugal tem um excelente Serviço Nacional de Saúde. Um Serviço Nacional de Saúde que é dos melhores a nível europeu, mas tem também hospitais, como é o caso do nosso, que além dessa medicina geral e assistencial tem também área de alta excelência, portanto dá maior segurança às pessoas, aos franceses que queiram viver em Portugal", assegurou o presidente do CHUC.



O Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra é o maior hospital português, resultante da fusão de dois centros hospitalares com um hospital universitário, num total de sete instituições.



Lusa
artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários