Cataratas afetam 170 mil portugueses

Em Portugal realizam-se por ano mais de 80 mil cirurgias para tratamento da catarata

11 de fevereiro de 2014 - 12h21

O número de casos de cataratas em Portugal tem vindo a aumentar e atualmente, segundo a Direção-Geral de Saúde, estima-se que existam cerca de 170 mil diagnósticos positivos, sendo que 6 em cada 10 pessoas com mais de 60 anos apresentam sinais da doença.

No total, realizam-se por ano, mais de 80 mil cirurgias para tratamento da catarata. A doença caracteriza-se pela opacificação do cristalino – lente natural do olho – e está relacionada com o envelhecimento.

“Premium Cataract Surgery – all that you want to know” foi o tema do mais recente curso realizado no âmbito na Escola de Ciências da Universidade do Minho e que reuniu mais de 100 oftalmologistas portugueses e espanhóis.

Um dos temas abordados foi a cirurgia da catarata, que corrige os erros de refração (graduação) do doente e, simultaneamente, soluciona problemas de astigmatisto e de presbiopia (diminuição da visão de perto), libertando o doente do uso de óculos.

Organizado pelo médico Fernando Silva, Diretor do Serviço de Oftalmologia do Hospital Privado de Braga, do Grupo Trofa Saúde e coordenador da Pós-Graduação em Oftalmologia, o curso teve como objetivo a partilha de diferentes perspetivas sobre a aplicação desta cirurgia e a formação dos profissionais da área.

"As cataratas são um dos problemas de visão mais comuns em Portugal, muito devido ao envelhecimento da nossa população. Assim, é importante que os especialistas estejam a par das técnicas mais recentes para lidar com o problema e, simultaneamente, partilhem experiências e casos de sucesso para que todos possamos aprender e melhorar o tratamento", explica Fernando Silva.

SAPO Saúde

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários