Casos de tuberculose aumentam pela primeira vez em 10 anos no Norte

Em termos absolutos, em 2012 foram registados 1080 casos de tuberculose

8 de janeiro de 2013 - 11h01

Ao contrário do que tem sucedido desde 2002, os casos de tuberculose registaram um ligeiro aumento no ano passado, levando os especialistas a prever uma maior dificuldade do controlo da doença no futuro, noticia o jornal Público.

Dez anos depois, a tuberculose parou de descer e teve um ligeiro aumento, em 2012, na região Norte do País, segundo um relatório publicado no Portal de Saúde.

A região Norte é a mais afetada por esta doença e, apesar do crescimento ser pequeno (1,5% face a 2011), a inversão da tendência de decréscimo preocupa os responsáveis de Saúde.

“Não sabemos em que medida esta tendência registada em 2012 [foram verificados mais 16 casos que em 2011] reflete uma melhoria na qualidade dos sistemas de vigilância, um aumento na deteção dos casos ou um aumento do risco de contrair a doença”, lê-se no documento "A Tuberculose na Região de Saúde do Norte".

“Se considerarmos a situação de crise socioeconómica que o País atravessa e o consequente agravamento dos determinantes sociais da tuberculose, é de prever que no futuro haja uma maior dificuldade de controlo da doença na comunidade”, frisam os responsáveis no relatório.

Em termos absolutos, em 2012 foram registados 1080 casos de tuberculose, 83 dos quais foram retratamentos. É nas áreas urbanas que está concentrado o risco de contrair a doença, no entanto, “em algumas regiões do interior a incidência de tuberculose tem-se mantido estável ou tem, até, aumentado”.

SAPO Saúde

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários