Canadiano de 16 anos recebe prémio por investigação contra o cancro

Investigador melhora terapia experimental que ajuda a combater células cancerígenas
10 de abril de 2013 - 09h37



Arjun Nair, um estudante canadiano de 16 anos, foi premiado terça-feira por uma investigação em que apresenta uma forma de melhorar uma terapia experimental que utiliza nanopartículas de ouro para matar células cancerígenas.



Nair, estudante de uma escola secundária da localidade de Calgary, foi galardoado com o primeiro prémio Sanofi BioGENEius Challenge Canada (SBCC), uma competição escolar que fomenta a investigação científica.



A investigação de Mair, realizada com tutores da Universidade de Calgary, melhora a denominada “terapia fototérmica”, uma terapia experimental para combater o cancro que concentra nanopartículas de ouro nos tumores criando ‘nanobalas’ que podem ser aquecidas para matar as células cancerígenas.



O segundo lugar da competição foi conquistado por Selin Jessa, de 17 anos, que investigou mutações genéticas que acontecem em alguns pacientes com o vºirus HIV e que os tornam imunes à infeção.



Nair e Jessa irão participar entre 22 e 23 de abril no desafio International BioGENEius que reúne estudantes de varios países e que terá lugar este ano na cidade norte-americana de Chicago.



Lusa
artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários