Bruxelas impõe logótipo comum para medicamentos vendidos na Internet

Comissão criou um logótipo comum para as farmácias online

25 de junho de 2014 - 09h11

A Comissão Europeia adotou hoje um regulamento no quadro da legislação comunitária contra medicamentos falsificados que estabelece um logótipo comum para as farmácias em linha, que atesta a autenticidade e segurança dos medicamentos vendidos na Internet.

O logótipo só estará plenamente disponível no segundo semestre de 2015, já que o regulamento entrará em vigor dentro de quatro a seis semanas e, a partir daí, os Estados-Membros dispõem de um prazo de uma ano para aplicá-lo, estando também previstas campanhas nacionais de sensibilização.

“Ao comprar medicamentos através da internet, os consumidores devem estar conscientes de que, se não os comprarem a fornecedores de medicamentos legalmente autorizados, correm o risco de estar a adquirir medicamentos falsificados. Os medicamentos falsificados podem ser ineficazes, nocivos ou mesmo mortais", explicou hoje o comissário europeu responsável pela Saúde, Tonio Borg.

"A Comissão criou um logótipo comum para as farmácias em linha a fim de garantir a segurança dos consumidores”, acrescentou.

Por Lusa

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários