Bom colesterol pode afinal ser prejudicial à circulação sanguínea

Estudo mostra que HDL - lipoproteína de alta densidade - pode afinal entupir as artérias
29 de janeiro de 2014 - 11h07



Um novo estudo conduzido por médicos norte-americanos defende que o colesterol bom - encontrado em alimentos como o abacate, azeite, salmão ou amendoím - pode afinal ser prejudicial, uma vez que existe o perigo de entupir as artérias e aumentar o risco de ataques cardíacos.



A investigação mostrou que a lipoproteína de alta densidade (HDL na sigla em inglês), ou colesterol bom, que se acreditava ajudar a manter as artérias limpas, pode afinal entupi-las.



Os especialistas da clínica de Cleveland, no Ohio, Estados Unidos, mostraram que o HDL pode alojar-se "nas paredes das artérias e agir de forma bastante diferente da forma como age na circulação. Pode tornar-se disfuncional e contribuir para o desenvolvimento de doenças do coração", explicam.



O mesmo estudo sublinha que isso não significa que se deva deixar de comer este tipo de alimentos, como o abacate, azeite e óleos vegetais.



"Sabemos que o HDL pode tornar-se disfuncional e pode ajudar a entupir artérias. Este conhecimento pode permitir que cientistas controlem a doença coronária de outra forma ou até mesmo ataquem o colesterol ‘mau’ com medicamentos", referem os investigadores, citados pela BBC.



Já a lipoproteína de baixa densidade (LDL na sigla em inglês), o chamado mau colesterol, é depositada nas paredes das artérias e causa a formação de placas duras que podem causar entupimentos, resultando em acidentes vasculares cerebrais e enfartes.



SAPO Saúde
artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários