Banco Farmacêutico recolheu mais de 9 mil medicamentos para instituições de solidariedade social

A iniciativa contou com a adesão de 111 farmácias e 400 voluntários
20 de fevereiro de 2013 – 18h20



A V Jornada de Recolha de Medicamentos do Banco Farmacêutico que aconteceu no dia 16 de fevereiro rendeu mais de 9000 medicamentos que foram doados a 69 instituições de solidariedade social.



A iniciativa contou com a adesão de 111 farmácias e 400 voluntários, tendo-se registado um aumento no número de voluntários envolvidos, comparativamente às anteriores edições.



Este ano foram beneficiadas 69 Instituições, mais quatro do que no ano passado, que prestam apoio a 50.000 pessoas.



“Apesar do número de medicamentos recolhidos ter sido ligeiramente inferior ao do ano passado, é de salientar o aumento do número de voluntários envolvidos e de instituições apoiadas. Se de alguma forma o número de doações reflete as dificuldades que os portugueses estão a viver e a incerteza em relação ao futuro, é no entanto de enaltecer a generosidade de todos aqueles que contribuíram com o seu donativo”, comentou Luís Mendonça, Presidente do Banco Farmacêutico, num comunicado enviado às redações.



A edição deste ano contou com o apoio das farmácias aderentes, Ordem dos Farmacêuticos, Associação Nacional de Farmácias (ANF) e Logista Pharma.



O Banco Farmacêutico nasceu em Milão, de uma colaboração entre a Companhia das Obras e a Associação Lombarda dos Proprietários de Farmácia.



A Jornada realiza-se todos os anos, desde 2000, no segundo sábado do mês de Fevereiro.



SAPO Saúde


artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários