Autoridade recomenda "restrições" no uso de medicamentos para náuseas e vómitos

Em causa estão efeitos adversos causados pela domperidona
11 de março de 2014 - 13h22



A autoridade que regula o setor do medicamento recomendou “restrições” na utilização de medicamentos com domperidona, indicado nas náuseas e vómitos, após novos casos de efeitos adversos cardíacos.



O aviso do Infarmed surgiu após uma conclusão da revisão de segurança do fármaco que levou o Comité de Avaliação do Risco em Farmacovigilância (PRAC) da Agência Europeia do Medicamento (EMA) a recomendar “restrições” à utilização dos medicamentos contendo domperidona.



Esta revisão foi desencadeada na sequência de novos casos de efeitos adversos cardíacos, lê-se na nota que consta no site do Infarmed.



O PRAC recomenda que os medicamentos contendo domperidona devem ser utilizados no alívio dos sintomas de náuseas e vómitos em períodos inferiores a uma semana.



Além das doses indicadas, o PRAC recomenda que estes fármacos “não devem ser utilizados para outras indicações, tais como, distensão abdominal e azia”.



“Estes medicamentos não devem ser utilizados em doentes com insuficiência hepática grave ou moderada, doentes que tenham alterações na atividade elétrica cardíaca ou no ritmo cardíaco ou em doentes que tenham um risco acrescido destes efeitos”, prossegue a dose.



Lusa
artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários