Associação Portuguesa para o Estudo da Dor renovou a imagem

Todas a informação sobre dor crónica é disponibilizada em website

A Associação Portuguesa para o Estudo da Dor (APED) tem a partir de hoje um novo website corporativo, www.aped-dor.org ou www.aped-dor.com que surge no contexto da nova direcção da associação para os próximos três anos.

Com uma imagem institucional mais dinâmica, o website pretende tornar-se num site de referência online na área da saúde para doentes e médicos que procuram informação actualizada sobre a dor crónica. De acordo com o presidente da associação, Duarte Correia, “A APED tem sido, desde a sua fundação, um elemento fundamental na melhoria do tratamento da dor em Portugal e o nosso objectivo é continuar a trilhar esse caminho”.

A nova direcção da APED pretende promover e realizar todos os esforços que permitam aos cidadãos as acessibilidades necessárias ao tratamento da dor aguda e crónica num período curto e adequado, de acordo com as patologias inerentes. A dor crónica é um situação de dor persistente.

A lombalgia crónica, osteoartrose, cefaleias e artrite reumatóide são algumas das causas mais frequentes de dor crónica. Se a dor não for adequadamente tratada, a qualidade de vida das pessoas poderá ser gravemente afectada, podendo conduzir à incapacidade para o trabalho. Em Portugal a dor crónica afecta 30 por cento dos portugueses.

19 de janeiro de 2011

Fonte: LPM Comunicação

Comentários